20 de fevereiro de 2015

ELEANOR & PARK


Olá Leitores, 
a resenha de hoje é sobre o livro 
Eleanor & Park
um romance adolescente encantador. 



Imagem Autoral



SINOPSE:


Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. 
Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. 
Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família.

Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-MEN e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonam, ao som de The Cure e Smiths. 

Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo. 

Este livro irá levá-lo de volta aos dias de frio na barriga, quando achava que todo o peso do amor e da paixão que sentia iria sufocar você, e quando apenas um segurar de mãos já era suficiente para fazê-lo andar nas nuvens. 



OPINIÃO (contém spoiler):


A cada página que lia, me apaixonava mais, queria ler mais. A insegurança de Eleanor faz com que a história se torne mais real, mostra o que qualquer mulher sente e muitas vezes se questiona quanto ao: "Porque Eu?".
E Park traz o mais singelo dos amores, real, puro e verdadeiro.

Engraçado e com tiradas "nerds", o livro encanta do começo ao fim, inclusive para aqueles que (como eu) já passaram do ensino médio e dessa transgressão adolescente.
Lembro que até o fim do ensino fundamental, ia com o Micro-ônibus para a escola, sem muita malícia ou romances naquela época, mas me identifiquei facilmente com o enredo. 

A forma como os capítulos são divididos prendem o leitor, sempre querendo saber qual será o próximo passo dos personagens.
Da para se imaginar em cada cena, de romance, do bullyng na escola, as tardes com a família do namorado, e até as brigas. 
Recomendo o livro, a jovens e adultos, para aqueles que ainda vão se apaixonar e para aqueles que querem relembrar como é se apaixonar.
Está disponível para venda em diversas livrarias, também para e-book.  



Imagem Autoral


"Ele parou de tentar trazê-la de volta.
Ela só voltava quando bem entendia, em sonhos e mentiras e déjà-vus partidos.
Por exemplo, quando ele estava dirigindo para o trabalho e viu uma garota com os cabelos vermelhos, em pé na esquina. E ele podia jurar, pelo menos por um momento, ser ela.
Então, ele via que aquele cabelo era, na verdade, mais loiro do que ruivo. 
E que ela estava com um cigarro na mão... E vestindo uma camiseta do Sex Pistols. 
Eleanor odiava o Sex Pistols.
Eleanor... 
Em pé, às suas costas, até que ele virasse para trás. Deitada ao seu lado segundos antes de ele acordar. Fazendo que todo o resto do mundo parecesse mais sombrio, mais superficial, e nunca bom o bastante. 
Eleanor, acabando com tudo. 
Eleanor, indo embora. 
Ele parou de tentar trazê-la de volta."



AUTORA: 


Rainbow Rowell, autora americana, escreve livros. 
Às vezes sobre adultos, às vezes sobre adolescentes.
Mas sempre sobre pessoas que falam muito.
E pessoas que sentem como se estragassem tudo.
E pessoas que se apaixonam. 
Quando não está escrevendo, Rainbow lê quadrinhos, planeja viagens à Disney e discute sobre coisas que, na realidade, não importam. 
Vive em Nebraska com o marido e dois filhos.



Imagem Da Internet


OUTRAS OBRAS DA AUTORA:


ANEXOS
(Primeiro Romance voltado para o público adulto)

LANDLINE
(Segundo Romance da Autora, também voltado par ao público adulto, mostrando uma relação sustentada apenas por ligações)

FANGIRL

(Voltado mais para o público adolescente, onde a personagem é fã de uma série que é super apegada, se veste como os personagens, bem diferente de sua irmã gêmea)


Imagem Autoral







2 comentários:

TV Torcida Juventina disse...

Está Completinho!!!
Tudo bem informado com um "Toque de Kakau"!!!

Gostei Muito que o Blog não acabou...

Parabéns Pelo Bonito Trabalho...

#SomosTodosFalaresCulturais :D

Klisman Bareze disse...

Antes de mais nada: Obrigado por dizer sobre a Presença de Spoilers!!! Hehehe...

Gostei bastante...
Texto Fechadinho, informando muito bem e me prendendo na História!!!

Ainda bem que não acabou o Blog...
As minhas Leituras não seriam as mesmas sem Kakau... :)

Força Moça...
Arrebentou (Como Sempre)

#SomosTodosFalaresCulturais