31 de janeiro de 2015

ÊXODO



Olá Leitores, 
a resenha de hoje é sobre o filme

Êxodo - Deus e Reis 

exibido nos cinemas espalhados pelo Brasil. 





O título do filme serve para atrair o público religioso, okay. 
Contudo, tende a decepcionar, infelizmente como a maioria das adaptações de livros para filmes, a grande parte dos leitores tendem a esperar não a perfeição em si mas, o mais plausível e semelhante possível.
Nesta adaptação, onde para alguns o fato de ter Christian Bale (Nananana Batman) no papel principal causa estranheza, o contexto permanece, porém algumas cenas fogem do roteiro que conhecemos. Os trejeitos de Moisés tendem a humanizar, aproximando as dúvidas, escolhas e sentimentos para a realidade.



E nessa realidade longa e pouco tradicional, o que impressiona claro, é o 3D e todos os seus efeitos envolvendo a parte rápida das pragas e tudo mais. Já que Ramsés (Joel Edgerton), não impõe sua maestria com eficacia. Moisés desta vez não tem um cajado (nem uma cobra), mas sim uma espada. Liberta seu povo da dor e do sofrimento, mas o mar não é conduzido a abrir-se da forma que imaginamos, tudo isso como já disse, para abrilhantar ainda mais a tecnologia envolvida.  




O filme é bom, vale assistir no cinema e com todos os recursos possíveis, mesmo com as diferenças, é inovador e realista. 
Recomendo


Assista ao trailer legendado abaixo:


video

Nenhum comentário: